6 Tipos de Câncer na Tireoide e Tratamentos

6 Tipos de Câncer na Tireoide e Tratamentos

6 Tipos de Câncer na Tireoide e Tratamentos

Quando o assunto são tumores malignos no corpo humano, os tipos de câncer na tireoide representam cerca de 1% do total dos que são desenvolvidos. Além disso, é três vezes mais comuns nas mulheres do que nos homens. Selecionamos os quatro mais comuns, confira.

Os tumores malignos, ou cânceres de tireoide, são na sua grande maioria carcinomas papilíferos, que apresentam um comportamento considerado indolente, de crescimento lento e ótimas chances de cura. Porém existem vários outros tipos de câncer da glândula tireoide, algumas vezes de comportamento mais agressivo que o tipo mais comum.

1. Carcinoma Papilífero

80% dos cânceres de tireoide são carcinomas papilares, também conhecidos como carcinomas papilíferos. Normalmente crescem muito lentamente, se desenvolvem em apenas um lobo da glândula tireoide, mas às vezes pode ocorrer em ambos os lobos. Mesmo que seu desenvolvimento seja lento, muitas vezes os carcinomas papilíferos se disseminam para os gânglios linfáticos do pescoço.
É mais frequente nos pacientes mais jovens e costuma ser descoberto tranquilamente em exames de rotina, sendo considerado pouco agressivo para o corpo humano.

2. Carcinoma Folicular

O carcinoma folicular ou adenoma folicular é muito menos comum do que o câncer de tireoide papilífero, correspondendo a 10% dos cânceres de tireoide. O carcinoma folicular, ao contrário do papilar geralmente não se dissemina para os gânglios linfáticos, mas alguns podem se disseminar para outros órgãos, como os pulmões ou ossos, mas costuma apresentar chances altas de recuperação.

3. Carcinoma Medular

O carcinoma medular da tireoide representa 4% dos cânceres da tireoide, e se desenvolve a partir das células C da glândula. Às vezes esse tipo de câncer pode se disseminar para os gânglios linfáticos, pulmões, fígado, antes mesmo do nódulo na tireoide ser detectado. Esses cânceres normalmente liberam calcitonina e antígeno carcinoembrionário (CEA) no sangue, causando altos níveis destes quando analisados por exames de sangue. A calcitonina é um hormônio que ajuda a controlar a quantidade de cálcio no sangue, e o CEA é uma proteína produzida por certos tipos de câncer. Existem 2 tipos de carcinoma medular:

3.1 Carcinoma Medular Esporádico

Representa 80% dos casos, afeta apenas um lobo da tireoide e ocorre principalmente em adultos.

3.2 Carcinoma Medular Hereditário

Este tipo de câncer frequentemente se desenvolve durante a infância ou início da idade adulta e pode se disseminar cedo. Os pacientes geralmente apresentam doença em diversas áreas de ambos os lobos.

4. Carcinoma Anaplásico

Este é um dos mais agressivos tumores que podem acometer o corpo humano. O carcinoma anaplásico ou carcinoma indiferenciado é uma forma rara de câncer de tireoide, compondo apenas 2% de todos os cânceres da glândula. Este tumor é chamado indiferenciado, porque as células cancerígenas não se parecem muito com as células normais da tiroide sob o microscópio. Este é um tumor que invade rapidamente o pescoço e muitas vezes se dissemina para outros órgãos

5. Linfoma de Tireoide

O linfoma é muito incomum na glândula tireoide. Os linfomas se desenvolvem a partir de linfócitos, um tipo de célula do sistema imunológico. A maioria dos linfócitos é encontrada nos gânglios linfáticos;

6. Sarcoma de Tireoide

Os sarcomas de tireoide são raros e começam nas células de suporte da tireoide.

Tratamento para os tipos de câncer na tireoide

Quando falamos sobre câncer na tireoide, a tireoidectomia é o tratamento mais comum, por vezes combinado com a quimioterapia e a radioterapia. A cirurgia remove, total ou parcialmente, a glândula tireoide.

Nesses casos, o paciente terá que começar uma terapia hormonal para repor os hormônios que eram secretados pela glândula, bem como a ingestão de iodo radioativo, a fim de garantir a não reincidência do tumor.

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *