Nódulo Misto na Tireoide: O que é e Como Tratar?

Nódulo Misto na Tireoide: O que é e Como Tratar?

Nódulo Misto na Tireoide: O que é e Como Tratar?

Um nódulo misto na tireoide conta com seu interior sólido com partes que também são líquidas. É preciso compreender, também, que um nódulo nada mais é do que um crescimento anormal de qualquer tecido do corpo humano. O mais importante é que, ao contrário do que a maior parte das pessoas pensa, um nódulo é, na maior parte das vezes, benigno.

Pode-se dividir os possíveis nódulos que acometem a tireoide entre sólido (mais suspeito), cístico (totalmente benignos, compostos apenas por líquido em seu interior) e misto (maioria benigno, são menos suspeitos).

Como é o diagnóstico de nódulo misto na tireoide?

Em grande parte das vezes os nódulos na tireoide (não apenas os mistos) são descobertos durante um exame de ultrassonografia. A maioria deles é, ainda, extremamente pequena. O exame consegue colher informações importantes para a realização de um prognóstico e diagnóstico adequados, já que pode ajudar a compreender se o mesmo é maligno ou benigno.

Durante o ultrassom, além de descobrir o tipo do nódulo (neste caso, um nódulo misto na tireoide), deve-se prestar atenção em:

  • formato — se, no plano transversal, for redondo ou oval, pode apresentar maior perigo;
  • margens e bordas — quando bem definidas representam menor perigo;
  • ecogenicidade — essencial para determinar se deve-se seguir com uma punção guiada por agulha fina (PAAF);
  • vascularização — disponível em ultrassom com doppler, a vascularização ajuda a compreender de o nódulo é maligno;
  • quantidade de nódulos.

Tratamento do nódulo misto na tireoide

É preciso frisar que, normalmente, o nódulo misto na tireoide não conta com altas suspeitas de câncer. Costuma ser retirado por meio de uma cirurgia apenas quando atinge tamanho exacerbado. O tratamento, então, depende diretamente do nódulo.

Apenas um médico especializado em cabeça e pescoço pode oferecer o prognóstico correto. Portanto, esteja sempre atento aos sintomas e sinais.

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *