Microcirurgia das Pregas Vocais

Microcirurgia das Pregas Vocais

A microcirurgia das pregas vocais é indicada para tratar algumas enfermidades da região, como cistos, pólipos e alguns tumores. É sempre realizada dentro de um centro cirúrgico e com anestesia geral. Dependendo do tipo de procedimento que for realizado, a recuperação pode ser pouco dolorosa, com alta no mesmo dia ou no dia seguinte.

Sobre os cuidados pós-cirúrgicos da microcirurgia das pregas vocais, grande parte das vezes, a recomendação é o repouso total por volta de três dias e, depois, mais quatro dias de repouso vocal, ou seja, falar pouco. Antes do procedimento é preciso estar em jejum absoluto (privação de líquidos e alimentos) de, pelo menos, oito horas.

Além disso, não ingerir bebidas alcoólicas no dia anterior, não utilizar medicamentos que alterem a coagulação nos 15 dias anteriores e informar qualquer problema de saúde novo também são recomendações. O procedimento pode durar de trinta minutos até duas horas.

Solicite o agendamento da sua consulta com o Dr. Rafael

Quando fazer a microcirurgia das pregas vocais?

É impossível dizer especificamente quando deve ser feita a microcirurgia das pregas vocais. Isso porque apenas um médico especialista em cabeça e pescoço está apto para a realização deste tipo de diagnóstico.

É preciso estar sempre atento aos sintomas, a fim de procurar auxílio especializado a tempo da realização de um diagnóstico precoce. Porém, os principais sinais ainda são de desconhecimento da maior parte da população, portanto, fique atento para rouquidão, cansaço vocal, dificuldade de engolir, pigarro, alteração de voz, dor na laringe ou pescoço.

Como é a vida após a microcirurgia das pregas vocais?

Depois da realização da microcirurgia das pregas vocais, é essencial permitir que as mesmas se recuperem. É comum sentir dor de garganta, mas é essencial evitar a realização de qualquer tipo de som, até mesmo espirrar ou tossir. Quando voltar a emitir sons, o ideal é falar sempre em tom baixo.

O tratamento deve estar alinhado com uma terapia de voz, que poderá proporcionar a reabilitação total do paciente.

Sempre fique atento aos sinais da doença e procure um médico cirurgião da cabeça e pescoço para a realização de um diagnóstico.

Confira outros serviços!

 

Ultrassom de tireóide, pescoço e glândulas salivares

Punção aspirativa da tireóide por agulha fina

Cirurgia de cisto tireoglosso

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *