Exame de tireóide: Tudo o que você precisa saber

Exame de tireóide: Tudo o que você precisa saber

Exame de Tireóide — Tudo o Que Você Precisa Saber

Os distúrbios da tireóide já afetam mais de 300 milhões de pessoas em todo o mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde. Metade delas, na verdade, nem chega a tomar conhecimento da enfermidade, pois não é capaz de relacionar os sintomas com a disfunção da glândula. No Brasil, compreender a importância do exame de tireóide se faz extremamente urgente, visto que cerca de 15% da população sofre com seu mal funcionamento.

A importância do exame de tireóide

A tireóide é uma das maiores glândulas do corpo humano. Em formato de borboleta, está localizada logo abaixo de sua laringe. É ela que regula todo o seu metabolismo, além de agir na função de órgãos como cérebro, coração, fígado e rins. Ajuda a regular ciclos menstruais, auxilia no crescimento e desenvolvimento de crianças e até mesmo em seu humor, peso e concentração.

Essa glândula existe para garantir a harmonia e o equilíbrio de todo o seu organismo. O exame de tireóide é o único meio de compreender como anda um dos órgãos mais importantes de todo o corpo humano.

Conheça os principais exames de tireóide realizados para descobrir disfunções na glândula:

Testes laboratoriais — função tireoidiana

O exame de tireóide mais importante confere a dosagem dos hormônios TSH e T4. O TSH é produzido por seu cérebro para estimular o funcionamento da glândula, já o T4 é secretado por ela mesma. Um exame de sangue rápido é capaz de fornecer essas informações para auxiliar na hora do diagnóstico.

Ultrassom de tireóide

A ultrassonografia tem se mostrado cada vez mais importante em meio aos exames de tireóide já existentes. Um ultrassom consegue avaliar o tamanho da glândula, além de verificar a existência de lesões, nódulos, cistos, tumores e até mesmo bócio.

Cintilografia

Na cintilografia o paciente ingere medicamentos com propriedades radioativas. Dessa forma, torna-se possível captar imagens únicas e investigar as causas de hiper ou hipotireoidismo, além de avaliar nódulos com suspeita de câncer e inflamações.

Punção de tireóide

Essencial para descobrir se um nódulo é benigno ou maligno, a punção da tireóide consiste em aspirar células a partir de uma agulha fina.

Se estiver experimentando sintomas como perda de peso, fraqueza muscular, aumento do apetite, aumento da frequência cardíaca, sonolência ou aumento do volume do pescoço, não deixe para depois. Consulte um médico especialista.

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *